SPIDER-MAN TRAZ UM PETER PARKER MAIS MADURO EM UM GAME DE MUNDO ABERTO

SPIDER-MAN TRAZ UM PETER PARKER MAIS MADURO EM UM GAME DE MUNDO ABERTO

O aguardado game Spider-Man chega ao mercado no dia 7 de setembro. O jogo, que será exclusivo para o PlayStation 4, traz Peter Parker e o Homem-Aranha convivendo em um mesmo mundo. De acordo com o site do game, a ideia foi entrelaçar as duas histórias e criar uma única que não seja obrigatoriamente somente de um super-herói, mas também de um ser humano. A trama foi criada pela Isomniac Games e promete surpresas para os fãs.

primeiro jogo com o personagem foi lançado em 1982 para Atari 2600. De lá para cá, já foram quase 40 aventuras lançadas para os mais diversos consoles e plataforma. Sergio Oliveira, que é editor de conteúdo do site Canal Tech, conta o que difere o lançamento do restante é o fato de que o novo game promete bastante liberdade para o jogador, colocando-o para verdadeiramente ser o Homem-Aranha, usando e abusando de acrobacias e das teias para combater os inimigos.

Bruno Micali, redator do site Voxel, conta que o lançamento estava sendo muito aguardado. “Ninguém imaginava que a Sony fosse se aliar à Marvel para a criação de uma nova aventura do Spider-Man, que estava bem sumido dos games.” As últimas aparições do aracnídeo nos games foram em jogos baseados em filmes, o que é sempre visto com desconfiança pelos fãs. “Essas adaptações têm uma ‘sina’, um apelo comercial muito forte, que se aproveita do embalo do filme e se esquece de diversos padrões de qualidade que um bom jogo deve cumprir para atender aos fãs”, critica Micali. Para o novo game, ele comemora o fato de que não se trata de uma adaptação, “e sim de uma aventura inteiramente dedicada ao universo do ‘amigão da vizinhança’ e que está sob as ótimas mãos da Insomniac, estúdio que tem muita bagagem na estrada”.

Ainda que a desenvolvedora não tenha divulgado muitos detalhes da história, sabe-se que o game será algo inédito e completamente baseado no universo do amigão da vizinhança. O cenário das aventuras, como não poderia deixar de ser, é a cidade de Nova Iorque. Além disso, outro destaque do game é que traz um Peter Parker mais experiente, com 23 anos de idade e oito anos de experiência na função.

Sergio Oliveira conta que algumas pistas foram fornecidas nos trailers, como, por exemplo, que há uma intensa movimentação no submundo do crime do game e que os vilões se reuniram para fazer Nova Iorque sucumbir. “Para tirar o super-herói do caminho e alcançar esse objetivo, os vilões devem chantageá-lo usando Tia May e Mary Jane, que aparenta conhecer a identidade do herói. Curiosamente, o jovem Miles Morales também aparecerá no game como sendo um amigo de Peter Parker. Quem acompanha os quadrinhos sabe onde isso termina, então há alguma chance de vermos o manto do Homem-Aranha sendo passado de Peter Parker para o garoto.”

JOGO EM MUNDO ABERTO E MECÂNICA DE COMBATE

A promessa da desenvolvedora é de trazer o “mundo mais vasto e interativo criado até o momento”. Uma série de atividades e missões surgem espalhadas pela metrópole: roubos a bancos, assaltos, perseguições automobilísticas e combates aéreos. O herói precisará, ainda, enfrentar vilões icônicos da franquia e também um novo inimigo. Objetos que revelam detalhes da história poderão ser coletados pelo caminho e o Homem-Aranha também terá a possibilidade de usar uma arma nova: o Spider-Drone móvel, que terá a função de distrair e capturar inimigos.

Em relação à mecânica de combate, a habilidade característica do personagem estará presente: se mover pelo cenário usando sua teia até mesmo em ambientes fechados. Além disso, o jogador poderá valer-se de habilidades acrobáticas dinâmicas e finalizações ativas. “O combate é claramente inspirado na saga Batman Arkham, que definiu alguns padrões para o gênero: chutes e pontapés se entrelaçam em contragolpes que usam, entre outras coisas, elementos do cenário, como portas de carro, tampas de bueiro e mais”, observa Bruno Micali.
Sérgio Oliveira ressalta que, durante os combates, o personagem ficará rodeado de inimigos e será preciso aplicar combos sequenciais para derrotá-los. “Apesar dessa mecânica ter funcionado muito bem para o Batman, me preocupa como ela será aplicada ao Homem-Aranha, que é um super-herói menor, menos musculoso e muito mais ágil.”

CONHEÇA O GAME:

SPIDER MAN – PS4
Sony